Ibrahimovic é acionista de casa de apostas e pode ser suspenso por 3 anos

Zlatan Ibrahimovic quebrou as regras da FIFA no regresso aos convocados da seleção sueca por ser sócio da empresa de apostas online Bethard.

Agora Zlatan pode enfrentar uma multa de milhões, e, na pior das hipóteses, ser suspenso. Apesar de toda esta situação a Federação Sueca de Futebol já sabia deste problema há três anos.

Ibrahimovic, através da sua empresa Unknown AB, comprou uma participação na casa de apostas Bethard em 2018, da qual continua a ser coproprietário.

Ora, a participação de Ibrahimovic na referida empresa “não é compatível e não é permitida pelos regulamentos éticos da FIFA e pelos regulamentos disciplinares da UEFA”. 

A FIFA e a UEFA não permitem que os jogadores que participam nas suas competições tenham interesses financeiros em empresas de apostas.

Também se pode verificar a sua ligação à referida casa de apostas o facto de ser a imagem oficial da Bethard.

Ibrahimovic é acionista de casa de apostas e pode ser punido

Deste modo Ibrahimovic quebrou as regras da FIFA ao regressar aos jogos da seleção frente à Geórgia e nas eliminatórias da Liga Europa contra o Shamrock Rovers em setembro de 2020.

Os regulamentos éticos da FIFA estabelecem que quem violar as normas será punido com uma de 90 mil euros e uma possível suspensão de todas as atividades relacionadas ao futebol por um período máximo de três anos. Embora os regulamentos da UEFA são tão claros quanto as estas punições.

Regulamentos da FIFA e da UEFA – que Zlatan Ibrahimovic provavelmente violou

Código de Ética da FIFA, Artigo 26, parágrafo dois:

“As pessoas vinculadas por este Código não devem ter interesse, direta ou indiretamente (por meio de ou em colaboração com terceiros), em entidades, empresas, organizações, etc. que comercializam, corretam, organizam ou conduzem apostas, jogos, loterias ou eventos semelhantes .ou transações relacionadas com jogos e competições de futebol. Os interesses incluem obter benefícios para as pessoas que estão sujeitas a este código e / ou familiares ”.

Quadro disciplinar da UEFA, Artigo 12, parágrafo 2B:

“A integridade dos jogos e competições é violada, por exemplo, por alguém que participa direta ou indiretamente em apostas ou atividades semelhantes relacionadas com jogos de competição ou que tem um interesse financeiro direto ou indireto em tais atividades.”

Penalidade possível

Artigo 26, parágrafo três:

“Desde que a conduta em questão não constitua outra violação deste Código, a violação deste artigo será punida com uma multa apropriada de pelo menos 100.000 CHF (equivalente a 90 575 Euros) e proibição de participação em qualquer atividade relacionada ao futebol por um período máximo de três anos. Todos os valores recebidos indevidamente devem ser incluídos no cálculo da multa ”.

Fonte:  Regulamentos Disciplinares da UEFA

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado.